10 Razões Para Viajar o Mundo

10 Razões Para Viajar o Mundo

Eu quero viajar o mundo. Todo mundo deveria viajar. Você, seus amigos, sua família, seus colegas, sua avó – nunca é tarde demais para pegar a estrada e fazer uma aventura de mudança de vida. Muitas pessoas tem medo de não estarem preparadas para uma vida na estrada ou de que, de alguma forma, as viagens possam prejudicar suas perspectivas de carreira. Agora é realmente o momento certo para viajar? E se, viajando, você estragar sua carreira e não conseguir encontrar um emprego quando voltar?

Bem, estamos aqui para lhe dizer que isso literalmente nunca vai acontecer. Existem milhares de razões pelas quais todos devem viajar, pelo menos uma vez na vida, mas aqui estão 10 das melhores razões pelas quais todos devem viajar pelo mundo.

1. Maior confiança

Seja você uma pessoa tímida ou acostumada a ser o centro das atenções, viajar pelo mundo aumentará sua confiança. Você vai conhecer pessoas novas e excitantes todos os dias, chegar a lugares perigosos, andar por confusas rotas de ônibus, comer comidas estranhas e pechinchar com o vendedor de souvenirs. Viajar, seja passando por uma zona de guerra ou admirando catedrais na Europa, desenvolverá sua confiança em si mesmo, em sua capacidade de resolver problemas e em sua habilidade de fazer novos amigos.

2. Novos Amigos

Falando de novos amigos, algumas das melhores pessoas que conhecemos nas nossas vidas, são as pessoas que encontramos aleatoriamente na estrada. Acredite. Muitos viajantes novatos se preocupam que, se eles saírem sozinhos, vão ficar sozinhos, isso simplesmente não é o caso. Há tantos viajantes solitários e tantas maneiras diferentes de conhecer pessoas que você nunca estará realmente sozinho. É muito comum surgirem amizades duradouras com outros mochileiros e também com os habitantes locais . A amizade é bem libertadora; se você não gosta de alguém, você não precisa vê-los novamente. Se você gosta de alguém, você vai na mesma direção. É bem legal.

3. Apaixonar-se

O amor, ou luxúria, está em todo o lugar quando você está na estrada. As conexões que você faz com as pessoas, especialmente as românticas, aumentam enquanto viaja. Não há nada como segurar a mão de um novo amor enquanto assiste ao nascer do sol sobre o oceano ou sentado sem compromisso conversando em qualquer esquina de uma cidade que nunca esteve antes. Sabemos de muitos casais que se conheceram na estrada e, na verdade, um relacionamento formado com uma pessoa que você conhece viajando é um dos relacionamento mais forte de todos. Vá, viaje, explore, baixe a guarda e deixe alguém entrar. Os viajantes cuidam um do outro, é como uma tribo e, em geral, na estrada, longe do Facebook e de todas as outras porcarias, as pessoas são mais honestas com entre si.

4. Oportunidades de voluntariado

Se você gosta de retribuir enquanto viaja, há muitas maneiras de se envolver com organizações que ajudam nisso. Voluntariado, obviamente, parece ótimo em qualquer currículo. Mas não se trata de por uma foto nova no Instagram ou estar com um monte de crianças em idade escolar. O voluntariado é sobre a conexão com as pessoas. É sobre devolver algo ao planeta. Todos deveriam viajar e todos deveriam, em algum momento, ser voluntários. É uma experiência potencialmente transformadora que permitirá que você veja o outro lado do mundo sobre o qual você tem muito pouco conhecimento. O voluntariado também é uma ótima maneira de aprimorar novas habilidades.

5. Novas habilidades

Seja aprendendo andar moto, praticando seu espanhol no interior da Bolívia ou simplesmente pegando o jeito de pechinchar, viajar oferece muitas oportunidades para aqueles que buscam ampliar seu conjunto de habilidades. Particularmente, enquanto viajava, aprendi a escrever, a tirar fotos melhores, fazer novos amigos, jogar beer-pong e tomar banho gelado no frio. Falando sério, antes de viajar você possui habilidades. Porém quando retorna, vai percebendo que aprendeu coisas que nunca tinha feito antes de sair.

6. Você aprecia as pequenas coisas

Quando você sobrevive a viagens árduas de ônibus, perambula por comunidades de favelas na Colômbia e vê o estado lastimável de hospitais dos países em desenvolvimento, você aprende a apreciar sua “vida normal”. De repente, os seus problemas, como o carregador do seu iPhone que não chega à cama, realmente não parecem mais tão importantes. Quando você se encontra com algumas das pessoas mais pobres do mundo e vê como elas estão felizes com uma existência simples, isso realmente muda a maneira como você se sente sobre as posses materiais. Viajar me ensinou a não se preocupar tanto com o que as outras pessoas pensam de mim e, em vez disso, a se alegrar com todas as pequenas coisas que acontecem comigo todos os dias.

7. Maior conscientização

Não importa como você viaja, você vai ter certeza de saber mais sobre como o mundo realmente funciona. Você pode ter apenas uma compreensão básica de história ou política, mas quando você realmente se aprofunda em um país, você se encontra e tem uma visão de primeira mão do que realmente está acontecendo, você desenvolverá uma consciência maior de sobre o mundo. Muitos não sabem quase nada sobre história, política ou acordos de comércio mundial mas acabam se tornando uma espécie de especialista amador.

8. Desenvolvimento Pessoal

Viajar desenvolve você como pessoa. Muitas pessoas ainda não tem ideia de quem é ou o que quer ser. Viajar te ajuda a descobrir. Eu pessoalmente me tornei um indivíduo muito mais gentil, mais paciente, que está disposto a ajudar praticamente qualquer um. Para a maioria dos viajantes , suas habilidades sociais se desenvolvem muito mais rápido durante a viagem e se você não gosta de algo sobre si mesmo, este é o momento perfeito para testar uma nova personalidade. Viajar lhe oferece uma oportunidade inigualável para se reinventar.

9. Melhores perspectivas de emprego

Maior confiança, personalidade amigável, honestidade, ações de caridade, maior habilidade e capacidade de funcionar bem sob pressão. Todo mundo que quer um emprego decente deve viajar. Viajar transforma você no candidato ideal para praticamente qualquer papel. Não apenas você voltará com algumas ótimas histórias para contar, mas sua crescente confiança e capacidade de permanecer frio sob pressão brilhará em qualquer entrevista. No papel, você se destaca. Se há dois candidatos para um emprego com qualificações idênticas, aquele que passou seis meses fazendo voluntariado no exterior e agora fala espanhol é a escolha óbvia.

10. Você só tem uma chance. Uma vida. E ela voa.

Não tenha medo, dê o mergulho, o momento certo para viajar é antes de você ser sugado para o mundo do trabalho. Se você já tem um emprego adequado, nunca tema, até três meses no exterior lhe dará a oportunidade de aprender mais sobre você e sobre como o mundo funciona. Peça uma pausa na carreira, pode ser a decisão mais valiosa que você já fez. Eu quero viajar pelo mundo até estar satisfeito.

É fácil encontrar 10 razões para viajar o mundo. Você quer viajar pelo mundo também?

Adaptação do texto de Hill Hatton

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *